Arquivo.pt preserva websites de projectos científicos nacionais

thumbnail_memoriafct

Última atualização em 26 de Fevereiro de 2021 às 13:06

Preservar os websites de projectos científicos é importante

Os conteúdos dos websites tendem a desaparecer quando os projetos científicos terminam.

A preservação dos websites de projetos científicos é importante porque:

  • documenta o desenvolvimento dos projetos;
  • assegura o acesso a conteúdos técnicos e científicos únicos que os investigadores publicaram nos websites dos projetos (ex. apresentações, fotografias, conjuntos de dados);
  • reforça a visibilidade dos resultados dos projetos financiados pela FCT.

Recolha experimental dos websites dos projetos de científicos em 2016

O Arquivo.pt recolheu websites de projetos financiados pela FCT em 2016 de forma automática.

A informação acerca destes websites estava dispersa pois não era registada durante o processo administrativo.

Durante cerca 20 anos a FCT financiou projetos científicos, por isso o número de sites poderia ser demasiado elevado para serem identificados manualmente.

Foi então adoptada uma metodologia automática de identificação destes websites desenvolvida pelo Arquivo.pt.

A base de dados da FCT tinha um total de 11 996 entradas de projetos mas não incluía referências a endereços web. Aplicando a metodologia automática foram identificados 7 956 URLs relacionados com os projectos científicos financiados.

A recolha dos conteúdos referenciados por estes endereços resultaram na preservação de 600 721 ficheiros (72 GB), incluindo conteúdos tais como páginas da web de grupos de pesquisa, páginas pessoais de investigadores ou blogs relacionados com os projetos.

Referências online em relatórios de projectos científicos passaram a ser preservadas a partir de 2020

A partir de junho de 2020, os endereços dos websites dos projetos financiados pela FCT passaram obrigatoriamente a ser registados nos relatórios de progresso e final submetidos à FCT.

O Arquivo.pt passou a utilizar estes endereços para preservar o conteúdos de websites de projetos científicos nacionais de forma sistemática.

1ª recolha oficial de websites de projectos científicos

Em junho de 2020, o Arquivo.pt obteve 263 endereços relacionados com 100 projetos científicos a partir dos relatórios financiados pela FCT. Grande parte dos endereços (67%) não tinha qualquer versão anteriormente preservada no Arquivo.pt.

Os endereços obtidos apontam para recursos online tais como os websites dos projetos, unidades de I&D, notícias nos media, artigos em revistas científicas ou repositórios, base de dados, vídeos no Youtube ou páginas do Facebook.

Em julho de 2020, lançou-se uma recolha especial a partir deste conjunto de endereços que resultou em 6,9 GB de informação obtidos a partir da visita a 31 606 URLs.

Exposição acerca de projetos de Investigação & Desenvolvimento

A Memória da Investigação Científica é uma exposição online dedicada aos websites de projetos científicos financiados pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) que o Arquivo.pt tem preservado.

Encontram-se também websites das Unidades de Investigação & Desenvolvimento financiadas pela FCT.

Memorial do Arquivo.pt preserva gratuitamente websites científicos

O serviço Memorial do Arquivo.pt tem preservado websites históricos da FCT que foram desativados. Estes foram criados para eventos ou iniciativas que terminaram e por isso os seus conteúdos deixaram de ser actualizados.

Para incluir um website no Memorial, o Arquivo.pt começa por fazer uma recolha de alta qualidade dos seus conteúdos.

Em seguida, os conteúdos recolhidos são validados em colaboração com os responsáveis pelo website.

Finalmente, o endereço do website é redireccionado para os conteúdos que passaram a ser preservados pelo Arquivo.pt.

Por exemplo, se alguém quiser aceder a qualquer página do site do Encontro Arquivos Científicos realizado em 2014, será redirecionado para o Arquivo.pt.

Assim, os conteúdos permanecem acessíveis ao longo do tempo e os links, as referências em comunicações científicas que possam existir não se quebram.

O serviço de preservação digital Memorial do Arquivo.pt não tem custos para websites da comunidade académica e científica, bastando enviar um pedido para contacto@arquivo.pt.

Para saber mais

Arquivos online ou do online?

thumbnail_tendencias

No final de 2020, recomendamos alguns textos que colocam o futuro em perspetiva.

Destacamos o tema da preservação dos conteúdos online, apresentado no livro   “Tendências 2021”, mais precisamente no capítulo intitulado “Arquivos online ou do online?” da autoria de Daniel Gomes, Gestor do Arquivo.pt.

Fui convidado para escrever acerca dos desafios e ameaças aos arquivos online. A primeira questão que me surgiu foi o que se entende por um “arquivo online”?

A minha preocupação reside nos “arquivos do online” porque ainda nem existe uma consciência instituída acerca da sua necessidade, seja a nível académico, governamental ou individual.

É tecnologicamente impossível preservar toda a informação online. Mas é um absurdo não ter a consciência, e consequentemente a acção, de que temos de preservar alguma da informação online para acesso a curto, médio e longo prazo.

Leia o texto na íntegra nas páginas 23 a 26 do livro em acesso-aberto “Tendências 2021”.

O desafio é cultivar a consciência da importância de preservar conteúdos online aprendendo como fazê-lo na prática.

Votos de Bom Ano!

Coleção histórica do Geocities disponível no Arquivo.pt

thumbnail research_geocities

Última atualização em 23 de Setembro de 2021 às 15:30

O Geocities.com foi a primeira grande “rede social” que permitia a qualquer pessoa criar o seu website e difundir informação através da Internet. Foi criado em 1994, adquirido pela Yahoo! em 1999 e encerrado em 2009.

Surgiram iniciativas para preservar os conteúdos do Geocities, tais como o projecto do Archive Team que reuniu 641 GB de informação em 2009, o oOCities ou o Geocities.ws.

Dada a relevância histórica do Geocities, o Arquivo.pt também integrou os seus conteúdos que prevaleceram até aos dias de hoje.

Agora, qualquer pessoa pode facilmente explorar os conteúdos históricos do Geocities utilizando as ferramentas inovadoras de pesquisa disponibilizadas pelo Arquivo.pt como a pesquisa de páginas, pesquisa de imagens ou via API.

Com esta iniciativa, o Arquivo.pt pretende contribuir para o surgimento de estudos inovadores em áreas como Artes, Humanidades ou Sociologia (ver sumário do projecto).

Pesquise agora o Geocities em: arquivo.pt/searchGeocities

Exemplos de sites Geocities preservados no Arquivo.pt

Video Enhancing access to research the Geocities historical collection

Enhancing access to research the Geocities historical collection, Pedro Gomes, RESAW 2021 (slides)

 

Conheça os vencedores do Prémio Arquivo.pt 2020!

Última atualização em 9 de Novembro de 2020 às 12:47

Os vencedores do Prémio Arquivo.pt 2020 foram anunciados pelo Jornal Público, parceiro oficial de comunicação desta edição, que atribuiu uma menção honrosa ao melhor trabalho baseado nos conteúdos do jornal. Foram recebidos 29 trabalhos candidatos.

A cerimónia de entrega de prémios decorreu durante o Ciência 2020 – Encontro com a Ciência e Tecnologia, dia 4 de novembro, no Centro de Congressos de Lisboa.

1º classificado – “Desarquivo”

O vencedor do prémio no valor de 10 000 euros foi o trabalho “Desarquivo” desenvolvido por Miguel Ramalho.

“Desarquivo” é um website que permite pesquisar por entidades (ex. pessoas, organizações e locais) e identificar relações entre elas, a partir das notícias publicadas em jornais online ao longo do tempo.

Os resultados das pesquisas são apresentados na forma de um grafo ou rede de relações que permitem a um jornalista, investigador ou qualquer outro cidadão explorar dinamicamente as relações entre informação histórica preservada da Web pelo Arquivo.pt.

Por exemplo, um utilizador pode visualizar a maior ou menor proximidade entre partidos políticos ao longo do tempo.

2º classificado – “Extensão Arquivo.pt”

O 2º prémio no valor de 3 000 euros foi atribuído ao trabalho “Extensão Arquivo.pt”, uma extensão para browser desenvolvida por Rodrigo Marques e Hugo Silva.

Esta ferramenta permite realizar pesquisas avançadas no Arquivo.pt diretamente a partir do browser, sem necessitar de abandonar a página que está visualizar no momento.

A “Extensão Arquivo.pt” está disponível para download na Chrome Web Store.

3º classificado – “Arquivo Económico .pt”

O 3º classificado recebeu um prémio no valor de 2 000 euros e foi atribuído ao trabalho “Arquivo Económico .pt” de Nuno Bragança.

O “Arquivo Económico .pt” organiza e apresenta a informação preservada pelo Arquivo.pt acerca dos preços de produtos desde o tempo do escudo português.

Como resultado temos uma interface Web que permite pesquisar o preço de bens de consumo por diversas categorias, tais como supermercado, transportes e diversos, em determinadas datas.

Por exemplo, o utilizador pode saber quanto custava em 1999 uma viagem de comboio ente Lisboa-Porto ou uma chamada de telemóvel.

Menção Honrosa do Público

O Jornal Público, parceiro oficial da 3ª edição do Prémio Arquivo.pt atribuiu a sua Menção Honrosa ao trabalho “Jornal do Passado”, desenvolvido por Bruno Galhardo.

“Jornal do Passado” é um jogo para todas as idades, desenvolvido para Android, no qual o utilizador põe à prova os seus conhecimentos sobre notícias/eventos tentando adivinhar a data em que ocorreram.

Como resultado temos uma app que nos permite pesquisar a informação histórica preservada pelo Arquivo.pt de uma forma pedagógica e divertida.

Galeria de imagens

Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
20201104-EncontroCiencia-0140
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 no grande auditório do Centro de Congressos de Lisboa
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020
Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 20201104-EncontroCiencia-0140 Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 no grande auditório do Centro de Congressos de Lisboa Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020 Entrega de prémios na sessão de encerramento do Encontro Ciência 2020

Use browsers do passado e exporte resultados com a nova versão do Arquivo.pt

Exportação de resultados do Arquivo.pt em Excel

O Arquivo.pt lançou uma nova versão do seu serviço no dia 1 de julho de 2020 denominada Responsive.

O objetivo desta versão foi melhorar a experiência de utilização entre diferentes dispositivos e adicionar novas funcionalidades.

Experimente “Ver com browser antigo”!

Adicionámos uma opção para ver a página preservada utilizando também um browser do passado. Nas Opções escolha Ver com browser antigo e será redirecionado para o serviço oldweb.today que emula browsers do passado como por exemplo o Netscape Navigator, Microsoft Internet Explorer ou o NSCA Mosaic.

Este serviço é útil para investigação, em áreas como o Web design, Arte, Comunicação ou História, em que é necessário aceder da forma o mais fidedigna possível ao aspeto visual original de uma página do passado.

Página da Expo 98 vista no Internet Explorer através do serviço Oldweb.Today (printscreen)
Página da Expo 98 vista no Internet Explorer 4.0 através do serviço Oldweb.Today (printscreen)

Faça a sua experiência para ver a página da Expo’98  com um browser antigo ou outra página antiga à sua escolha. Poderá ter de aguardar um pouco para o processamento do seu pedido mas sempre é mais rápido do que conseguir instalar um browser do passado no seu computador.

Exportar resultados de uma pesquisa

Esta nova função permite guardar os resultados da sua pesquisa para posterior tratamento e análise. Isto é especialmente útil para realizar investigações exaustivas acerca de um determinado tópico.

Após uma pesquisa, nas Opções basta escolher um dos formato disponíveis para exportação dos resultados obtidos: XLSX, CSV ou TXT.

 

Exportação de resultados do Arquivo.pt em Excel
Exportação de resultados do Arquivo.pt em Excel de uma pesquisa simples ao termo “universidade” com limite de 10 resultados

Mais novidades da versão Responsive

Prémio Arquivo.pt 2019 – Candidaturas abertas!

Última atualização em 13 de Fevereiro de 2019 às 11:09

O Prémio Arquivo.pt 2019 está oficialmente com as candidaturas abertas. O prazo para submissão de trabalhos vai até às 13h do dia 03 de maio.

São 15 000 euros em prémios para os três primeiros trabalhos.

Estão aptos a concorrer trabalhos individuais ou em grupo sobre quaisquer temas, desde que o Arquivo.pt seja a fonte principal de informação.

Veja como inscrever-se em: arquivo.pt/premio2019

Boa sorte!

Vinte anos da EXPO’98 pelo Arquivo.pt

Com o tema “Os Oceanos, Um Património para o Futuro”, acontecia, em 1998, a EXPO’98.

Considerado um marco para Lisboa e para Portugal, o evento atraiu, de 2 de maio a 30 de setembro de 1998, cerca de 11 milhões de visitantes. A EXPO’98 também teve como propósito destacar os 500 anos dos Descobrimentos Portugueses.

A importância da EXPO’98 não ficou por aí:

  • Foi um projeto estratégico para o país e culminou na regeneração de uma área de cerca de 340 hectares na parte oriental da cidade, junto ao Rio Tejo.
  • Contou com a participação de 146 países e 14 organizações internacionais.

Site da EXPO’98 foi preservado pelo Arquivo.pt

Porém, como no mundo digital muito da informação se perde após pouco tempo, somente com o Arquivo.pt pode-se ainda navegar pela página da EXPO’98, servindo como base histórica e de pesquisa sobre o evento.

Um momento que o Arquivo.pt guarda, para que a memória daqueles dias não se perca e para que futuras gerações possam pesquisar sobre o seu impacto na vida de todos os portugueses.

Viaje pela EXPO’98 com o Arquivo.pt!

Exemplos de páginas relacionadas com a EXPO’98 e preservadas pelo Arquivo.pt

Conheça os vencedores do Prémio Arquivo.pt 2018!

Última atualização em 3 de Abril de 2019 às 11:49


Os Prémios Arquivo.pt 2018 foram entregues pelo Comissário Europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, durante o Ciência 2018 – Encontro com a Ciência e Tecnologia no Centro de Congressos de Lisboa.

1º classificado – “Conta-me Histórias”

O vencedor do prémio no valor de 10 000 euros, foi o trabalho “Conta-me Histórias” da equipa liderada por Ricardo Campos e com Arian Pasquali, Vítor Mangaravite, Alípio Jorge e Adam Jatowt.

Conta-me Histórias é um serviço online que recorrendo a 24 fontes de notícias eletrónicas (jornais e portais nacionais), oferece ao utilizador uma narrativa temporal a partir de notícias sobre qualquer assunto (ex. Troika em Portugal).

Os resultados obtidos podem ser explorados com recurso a uma linha do tempo e ao conjunto de palavras relevantes no âmbito do tópico de pesquisa.

2º classificado – “Enquadramento do conceito de “homossexualidade” em 20 anos de publicação do Jornal Expresso”

O 2º prémio no valor de 3 000 euros foi atribuído ao trabalho “Enquadramento do conceito de “homossexualidade” em 20 anos de publicação do Jornal Expresso: um estudo misto (quantitativo e qualitativo)” da autoria de João Teixeira Duarte e Zélia Teixeira.

Este estudo teve como objetivo possibilitar uma reflexão sobre o enquadramento do conceito “homossexualidade” nas peças jornalísticas do semanário “Expresso” (versão escrita e on-line) publicadas ao longo de 20 anos.

3º classificado – “Arquivo de Opinião”

O 3º classificado recebeu um prémio no valor de 2 000 euros e foi atribuído ao trabalho “Arquivo de Opinião” de Miguel Won.

O Arquivo de Opinião é uma aplicação web que disponibiliza ao utilizador um repositório digital de artigos de opinião, publicados entre 2008 e 2016, nos principais agentes de media de Portugal.

Acerca dos Prémios Arquivo.pt

Os Prémios Arquivo.pt têm como objetivo destacar anualmente trabalhos originais e inovadores, que demonstrem a utilidade do Arquivo.pt como infraestrutura de dados para investigação.

Notas de imprensa

Investigação utilizando Arquivos da Web: Apelo a Comunicações!

Última atualização em 25 de Maio de 2018 às 14:12

Workshop RESAW@Porto2018

Uma introdução aos arquivos da web para investigação em Humanidades e Ciências Sociais.

Este workshop terá a duração de um dia e será realizado como parte da TPDL 2018 no dia 13 de setembro de 2018, Porto, Portugal.

O RESAW é uma rede internacional de investigadores e arquivistas da web que promove o desenvolvimento de infraestruturas de investigação para o estudo de material arquivado da Web.

A comissão organizadora é composta por Jane Winters (Professora de Humanidades Digitais na Universidade de Londres) e Daniel Gomes (Arquivo.pt).

Apelo a Comunicações

Procuramos propostas de contribuidores para o workshop em duas áreas principais:

  • Trabalhos que apresentem o estado da arte e debatam as oportunidades e desafios da utilização deste novo tipo de fonte de dados para investigação. Incluindo demonstrações de arquivos da web existentes.
  • Apresentações de investigações inovadoras sobre Humanidades e Ciências Sociais, com base em arquivos da web, desde análises em pequena escala de websites individuais a investigações em larga escala de domínios inteiros.

Submissões

Para submeter uma proposta de comunicação, basta enviar um resumo de 300 a 500 palavras em Inglês através do nosso formulário on-line. As apresentações finais deverão ter cerca de 30 minutos de duração.

Prazo para submissão: 15 de junho de 2018, 17:00 (GMT+1).

Todos os detalhes em: http://arquivo.pt/resawPorto2018

Divulgue!

Dissemine esta 1ª edição do workshop RESAW em Portugal por potenciais autores e participantes.

Obrigado!

Jane Winters e Daniel Gomes

Prémio Arquivo.pt 2018 foi anunciado

Última atualização em 26 de Outubro de 2018 às 11:27

Durante o Evento do Arquivo.pt foi anunciado o Prémio Arquivo.pt 2018.

O objetivo da primeira edição deste Prémio é fomentar trabalhos inovadores de investigação ou aplicação de recursos preservados da Web, através dos serviços de pesquisa e acesso disponibilizados publicamente pelo Arquivo.pt.

As candidaturas deverão demonstrar claramente a utilidade e cariz único do Arquivo.pt para o trabalho proposto e o impacto do trabalho na sociedade ou comunidade a que se destina.

Quem pode concorrer?

O prémio tem como principais destinatários os membros da comunidade académica e científica nacional.

Valores do Prémio

  • Primeiro classificado: 10 000 €
  • Segundo classificado: 3 000 €
  • Terceiro classificado: 2 000 €

Data limite para candidatura

  • 4 de maio de 2018

Para ter conhecimento de novidades acerca do Prémio sugerimos que subscreva a lista de e-mail ou consulte periodicamente o site informativo acerca do Arquivo.pt.

Como concorrer?

As equipas terão de apresentar o seu trabalho através de um texto e de um curto vídeo. O Regulamento detalhado encontra-se em elaboração.

Referências úteis para o desenvolvimento dos trabalhos

Para saber mais