Bolsas para colaborar com Arquivo.pt

Bolsas Arquivo.pt 2017

Ofertas de bolsas para incentivo à investigação utilizando o Arquivo.pt: candidaturas até 31 de outubro de 2016.

Bolsas Investiga XXI –  Arquivo.pt

O Arquivo.pt é uma infraestrutura de investigação inovadora que permite pesquisar e aceder a páginas da web preservadas desde 1996 representando uma referência mundial com uma significativa produção científica.

Os principais objectivos da atribuição de bolsas no âmbito do projecto Investiga XXI são:

  • proporcionar formação em tecnologias de informação inovadoras que permitirão tornar mais eficiente e eficaz a investigação sobre dados da Era Digital;
  • estabelecer relações entre o Arquivo.pt e os investigadores que potenciem a produção de resultados científicos pós-bolsa;
  • incentivar investigadores de várias áreas científicas a conhecerem e tirarem partido do Arquivo.pt como fonte principal ou complementar de informação temporal;
  • promover a investigação sobre dados do século XXI.
Estão abertas as candidaturas para 3 bolsas de 3 meses até dia 31 de outubro de 2016.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Nova versão do Arquivo.pt

Lançámos uma nova versão do Arquivo.pt no dia 6 de junho de 2016!

Arquivo.pt nova verssão 2016 – reprodução do sapo.pt em 1997

Melhorámos a navegação entre páginas arquivadas, com a criação de um menu lateral nas páginas de reprodução.

Foram também incluídas novas funcionalidades na reprodução de páginas arquivadas tais como:

  • partilha nas redes sociais facebook e Twitter;
  • partilha por email;
  • guardar a página arquivada como imagem;
  • imprimir a página arquivada;
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Recolhemos os sites das Eleições Presidenciais de 2016!

O Arquivo.pt realizou 2 recolhas de sites relacionados com as Eleições Presidenciais de 2016.

Apelámos à comunidade para contribuir sugerindo sites relacionados com as eleições presidenciais de 2016, para que os arquivássemos.

Realizaram-se 2 recolhas, durante e após o período de campanha eleitoral, que partiram da lista de 284 sites sugeridos pela comunidade, resultando no arquivo de 551 672 ficheiros recolhidos da Web, que ocupam 7 GB.

Recolhemos sites tais como os oficiais dos candidatos, sites dos partidos dos candidatos,  notícias na comunicação social, blogs e artigos de opinião.

O Arquivo.pt respeita um período de embargo de 1 ano, pelo que esta coleção só estará disponível para consulta no final de 2016.

Contudo, pode consultar já alguns sites das Eleições Presidenciais anteriores, tais como:

Agradecemos sinceramente a todos os voluntários que colaboraram com esta iniciativa.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Emitimos um comunicado à imprensa sobre o Arquivo.pt

No dia 12 de Janeiro foi emitida uma nota de imprensa sobre o Arquivo.pt, onde se explica o serviço, a sua história, o seu presente, colaborações e desafios futuros.

O serviço do Arquivo.pt permite a pesquisa, de forma gratuita, sobre dados arquivados da Web desde 1996. A infraestrutura de investigação do Arquivo.pt é focada na preservação de conteúdos de interesse para a comunidade portuguesa.

O Arquivo.pt teve origem no projeto “TUMBA!”, realizado na FCUL entre 2001 e 2006, de onde surge o primeiro protótipo de arquivo da Web portuguesa. Em 2007 é lançado pela FCCN o projeto “Arquivo da Web Portuguesa”.

Encontram-se neste momento arquivados cerca de 2700 milhões de ficheiros, que correspondem a 95 TB de informação, sendo que qualquer pessoa pode sugerir endereços interessantes através da página arquivo.pt/sugerir.

Em 2015, o Arquivo.pt recolheu para preservação cerca de 580 milhões de ficheiros e o serviço de pesquisa registou, em média, 3 692 utilizadores por mês (90% novos utilizadores). Foi também produzido um vídeo a explicar como funciona o Arquivo.pt

Para 2016 o Arquivo.pt pretende disponibilizar o acesso a sites arquivados do domínio .eu, assim como efetuar um esforço adicional para recolha de sites relacionados com as Eleições Presidenciais de 2016. Será também realizado um primeiro protótipo de pesquisa de imagens arquivadas, visto que esta é uma das funcionalidades mais desejadas pelos utilizadores.

Ver texto completo.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Solicite-nos material de divulgação grátis!

O Arquivo.pt é um serviço público sem fins lucrativos que necessita de divulgação.

Produzimos os seguintes materiais de divulgação:

A sua colaboração na divulgação do Arquivo.pt é fundamental para que este serviço possa ser útil cada vez a mais pessoas.

Solicite-nos materiais para divulgar o Arquivo.pt na sua instituição ou evento. Enviaremos sem custos.

Obrigado.

Saber mais:

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Fénix: a nova versão do Arquivo.pt!

Temos o prazer de informar que lançámos uma nova versão do Arquivo.pt após 2 anos de suspensão no desenvolvimento do serviço – 5 de Novermbro de 2015.

O nome dado a esta versão foi oportunamente Fénix. Foram resolvidos 20 casos que se originaram as seguintes melhorias:

Sítio informativo (sobre.arquivo.pt):

  • Revisão e atualização de todo o conteúdo (152 páginas em Português e Inglês);
  • Reorganização da Arquitetura de Informação;
  • Correção erros funcionais e de usabilidade;
  • Incoerências de estilo gráfico.

Pesquisa e acesso (www.arquivo.pt):

  • Melhorias para interoperabilidade (ex. URLs segundo sintaxe Wayback, OpenSearch API);
  • Atualização de informações;
  • Correção de erros na interface de utilização;
  • Inclusão de vídeo de apresentação na página principal.

Aproveitamos para informar que migrámos o nosso projeto de código-aberto para o GitHub: pwa_technologies onde poderão encontrar mais detalhes acerca da versão Fénix.

Comentários e sugestões são bem-vindos!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Uma primeira tentativa de arquivar o .EU.

O Arquivo da Web Portuguesa realizou uma primeira tentativa de recolher e arquivar sítios alojados sob o domínio .EU.

O domínio .EU é utilizado frequentemente para referenciar sítios web relacionados com a Europa. A estratégia de preservação da Web tem sido delegar a responsabilidade de arquivar cada domínio nacional às entidades nacionais respetivas. Contudo, o domínio .EU é internacional e a sua preservação ainda não foi atribuída a nenhuma instituição.

RESAW (Research Infrastructure for the Study of Archived Web Materials) é uma rede europeia que tem como objetivo a criação de uma infraestrutura para o estudo de materiais arquivados da web.

No âmbito das atividades do RESAW, o Arquivo da Web Portuguesa realizou uma primeira tentativa de recolher e arquivar sítios alojados sob o domínio .EU. Esta primeira recolha decorreu entre os dias 21 de Novembro e 16 de Dezembro de 2014.

No futuro, tencionamos realizar mais 2 recolhas experimentais de sites do .EU que passado 1 ano passarão a estar pesquisáveis em Arquivo.pt.

Colaborações com investigadores interessados em estudar os materiais recolhidos são bem-vindas.

Recursos relacionados

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Novo software para investigação em arquivos da web

Está disponível um novo software para facilitar investigação utilizando a coleção de teste desenvolvida pelo Arquivo.pt.

A investigadora Zeynep Pehlivan desenvolveu e publicou em código-aberto um pacote de código para facilitar a utilização da coleção de teste que desenvolvemos para a área recuperação de informação sobre conteúdos web arquivados:

Obrigado por este precioso contributo!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Doutoramento “Information Search in Web Archives”: video e slides

O nosso antigo colega Miguel Costa defendeu a sua tese de doutoramento na Universidade de Lisboa no dia 4 de Novembro de 2014. O video e as projeções estão disponíveis!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone