Inteligência Artificial processa dados preservados no Arquivo.pt

Artificial Intelligence AI

Última atualização em 12 de Março de 2024 às 18:45

Inteligência Artificial (IA), conhecida também pela sigla AI, de Artificial Intelligence, abrange várias áreas do conhecimento, tais como a linguística e a computação, e está presente nas novas tecnologias utilizadas no dia-a-dia pelos cidadãos.

Por exemplo, quando procuramos uma informação na Internet e o computador gera uma resposta espantosamente adequada, numa linguagem muito próxima da nossa.

O processamento da linguagem natural (PLN), correspondente em inglês a Natural Language Processing, NLP, é o que permite que as máquinas aperfeiçoem o algoritmo que gera essas respostas à medida dos utilizadores da Internet.

O problema é que os modelos de processamento de linguagem natural foram desenvolvidos mais para a língua inglesa e menos para língua portuguesa e outras com menos representação.

Quanto mais os modelos de processamento forem treinados sobre uma língua mais capazes serão de interpretar as complexidades da linguagem. Mas isso só é possível se tiverem dados de qualidade.

Acervo de texto em português no Arquivo.pt  disponível para a investigação

O Arquivo.pt surge aqui como o maior conjunto de dados textuais em língua portuguesa de Portugal, disponível em acesso aberto, para os investigadores treinarem modelos de PLN.

Nos últimos anos foram os próprios investigadores, provenientes de vários grupos e projetos de investigação, que chamaram a atenção para a utilidade dos dados preservados da Web para processamento em larga escala.

O Arquivo.pt tem mais de 1 Petabyte de conteúdos preservados da Web, desde a década de 1990, onde se inclui tudo o que se pode encontrar nas páginas Web. Não se trata apenas de texto, mas também de imagens, ficheiros áudio, vídeo, o código das páginas e diversos metadados.

Os conteúdos estão acessíveis através da interface de pesquisa e das APIs do Arquivo.pt.

Para maior facilidade de descarregamento em massa de recursos arquivados na Web, o Arquivo.pt criou para os investigadores informação já processada em índices no formato CDXJ.

GlórIA, um modelo para a língua portuguesa

Um dos projetos que utilizou o Arquivo.pt para obter grande quantidade de texto denomina-se GlórIA e é um modelo de linguagem em larga escala (LLM, Large Language Model) focado na língua portuguesa europeia.

“Apesar da abundância de LLMs para muitas línguas de recursos elevados, a disponibilidade de tais modelos continua a ser limitada para o português europeu”, como explicam os autores do GlórIA, Ricardo Lopes, João Magalhães, David Semedo, investigadores da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, no seu artigo GlórIA – A Generative and Open Large Language Model for Portuguese.

O modelo utilizou 35 milhões de tokens, ou expressões que as máquinas conseguem processar, provenientes de diversas fontes.

O Arquivo.pt contribuiu com uma coleção de 1,4 milhões de notícias e periódicos portugueses europeus arquivados no Arquivo.pt.

Pode experimentar a geração de texto em Português Europeu usando o GlórIA Inference API disponível na plataforma Hugging Face Model card.

Se pretender desenvolver um projeto ou um estudo utilizando o Arquivo.pt pode começar a sua prospeção e, se precisar  de ajuda, contacte-nos.

Para saber mais