Preservation- workflow

Como funciona na prática a preservação de sítios Web

Três fases do processo de preservação da Web
Três fases do processo de preservação da Web

Preservação de sítios Web no contexto das Bibliotecas do Ensino Superior

O Webinar “Como funciona na prática a preservação de sítios Web”  teve lugar às 21h30 do último dia 9 de Outubro. O evento foi promovido pelo Grupo de Trabalho Bibliotecas e Ensino Superior (GT-BES), da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (APBAD), inserido no seu plano anual de formação, e teve a participação de Ricardo Basílio, curador digital do Arquivo.pt.

A actividade de preservar é uma aprendizagem mútua

Na ação participaram profissionais da área das ciências da informação e da documentação – bibliotecários, arquivistas e documentalistas – assim como da comunicação e da gestão. A adesão de diversos profissionais mostrou mais uma vez que o tópico da preservação de conteúdos Web (web archiving) é transversal. Sendo assim, será possível em um futuro próximo consolidar práticas e criar sinergias.

Participantes webinar
Áreas e funções dos participantes no Webinar. Fonte: Mentimeter.

 

A curadoria digital vai além da tecnologia

A actividade de preservar os sítios Web institucionais e pessoais está ao alcance de todos. Para além das tecnologias envolvidas, o mais importante é a avaliação humana devido a aspectos que escapam aos processos automáticos. Por exemplo, verificar se o replay de um sítio Web reproduz fielmente o original, se faltam elementos ou se é necessário expandir a recolha a outras páginas.

Neste Webinar foi utilizado o Webrecorder, aplicação do projecto Rhizome, disponível online, a fim de  permitir aos participantes experimentar o processo de recolha e armazenamento e replay e, desta forma, um exercício completo da curadoria digital.  

Preservar as páginas das redes sociais

Todo o tipo de sites e páginas pode ser preservado, incluindo as de uma instituição nas redes sociais. Mais uma vez se recorreu à aplicação Webrecorder para mostrar como, no contexto institucional ou pessoal, é possível tomar em mãos a tarefa de preservar a os conteúdos produzidos ao longo do tempo.

 

Apresentação (PDF)

Documentação de apoio (PDF)

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone