Coleção histórica do Geocities disponível no Arquivo.pt

thumbnail research_geocities

Última atualização em 24 de Outubro de 2020 às 11:35

O Geocities.com foi a primeira grande “rede social” que permitia a qualquer pessoa criar o seu website e difundir informação através da Internet. Foi criado em 1994, adquirido pela Yahoo! em 1999 e encerrado em 2009.

Surgiram iniciativas para preservar os conteúdos do Geocities, tais como o projecto do Archive Team que reuniu 641 GB de informação em 2009, o oOCities ou o Geocities.ws.

Dada a relevância histórica do Geocities, o Arquivo.pt também integrou os seus conteúdos que prevaleceram até aos dias de hoje.

Agora, qualquer pessoa pode facilmente explorar os conteúdos históricos do Geocities utilizando as ferramentas inovadoras de pesquisa disponibilizadas pelo Arquivo.pt como a pesquisa de páginas, pesquisa de imagens ou via API.

Com esta iniciativa, o Arquivo.pt pretende contribuir para o surgimento de estudos inovadores em áreas como Artes, Humanidades ou Sociologia (ver resumo).

Pesquise agora o Geocities em: arquivo.pt/searchGeocities

Exemplos de sites Geocities preservados no Arquivo.pt

Coleção internacional acerca das Eleições Europeias 2019 está disponível

thumbnail print_eleicoes-europeias_eu

Última atualização em 22 de Setembro de 2020 às 14:13

Print www.eleicoes.europeias .eu
Excerto de www.european.elections.eu, preservado pelo Arquivo.pt em maio de 2019

A coleção especial de páginas Web acerca das Eleições Europeias de 2019 está disponível para pesquisa no Arquivo.pt.

Para compilar esta coleção, foram identificadas páginas escritas em 24 línguas europeias, através de pesquisas automáticas no motor de busca Bing e sugestões oriundas de 17 países europeus.

Destaca-se a colaboração do Publications Office of the European Union que reviu a lista dos termos de pesquisa nas diversas línguas da União Europeia.

Entre maio e julho de 2019, o Arquivo.pt recolheu de forma exaustiva páginas relacionadas com as Eleições Europeias em vários países.

A coleção resultante denominada “Eleições Europeias 2019” reúne 99 milhões de ficheiros que totalizam 4,8 TeraBytes de informação.

O relatório técnico “A transnational crawl of the European Parliamentary Elections 2019” detalha a metodologia aplicada. Esta metodologia tem sido aplicada para gerar outras coleções temáticas como por exemplo acerca do Covid-19.

Convidam-se todos os cidadãos, especialmente os investigadores, a explorarem os conteúdos da Web do passado e a incluí-los nos seus trabalhos através deste serviço criado especialmente para pesquisar a coleção multi-lingue Eleições Europeias de 2019: https://arquivo.pt/ee2019

Para saber mais