O Straight-Edge na área metropolitana de Lisboa

Referência: arquivo.pt/straightedge

 

A origem do Straight-Edge

Com base no Arquivo.pt, este projecto propõe estudar a emergência de uma cultura suburbana, ligada ao Punk/ Hardcore, na área metropolitana de Lisboa: o Straight-Edge. Surgido no início dos anos 80 nos Estados Unidos, o Straight-Edge opunha-se ao estilo de vida niilista que caracterizava uma grande parte dos punks, marcado pelo consumo de drogas, álcool e por outros comportamentos vistos como auto-destrutivos.

Os Straight-Edge defendiam uma vida livre de drogas, álcool e tabaco e, muitos deles, adotaram o vegetarianismo ou o veganismo como dieta, motivados igualmente por fatores “puritanos”, mas, acima de tudo, pelo combate à exploração animal.

A explosão do Straight-Edge em Portugal

Em meados dos anos 90, regista-se um crescimento significativo desta cultura em Portugal, em especial na grande Lisboa, reunindo uma comunidade cada vez maior e dando visibilidade às suas bandas e principais agentes. Para a velocidade desse crescimento e para o impacto que veio a ter nos anos que se seguiram à sua emergência, contribuiu o uso da internet como forma de comunicação e de divulgação dos ideais que orientavam o estilo de vida.

Praticamente invisível nos grandes meios de comunicação, e baseado numa ética Do It Yourself, sem qualquer tipo de organização ou intermediação institucional, dependente, por isso, apenas da actividade dos seus membros, é na presença online que esse estudo se baseará, nomeadamente nos sites existentes entre o final dos anos 90 e os primeiros anos da década XX, recuperados e tornados acessíveis pelo Arquivo.pt.

Objetivos do projeto

A investigação procurará identificar as principais características da cultura Straight-Edge em Portugal e indagar a sua presença e impacto na sociedade portuguesa, quer através das ligações que estabeleceu com outros movimentos culturais, sociais e políticos, quer através da análise da sua continuidade e influência no campo cultural.

Numa perspetiva mais ampla, este estudo pretende questionar as formas de sociabilidade suburbanas e iniciar o estudo da ideia de subúrbio, identificando algumas das suas especificidades e explorando a importância que teve na sociedade portuguesa, especialmente desde o período pós-revolucionário.

Apresentações: