FCSH na Web: exposição da memória digital

 

Um sítio Web sobre a História dos sítios Web da Faculdade

Este projecto visa a preparação de um sítio Web dedicado à presença da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL) na Internet. Pretende-se ilustrar de que modo esta comunidade académica se projectou na Web, ao longo dos anos através dos sítios Web que criou.

Incluem-se nessa lista de memórias não apenas o sítio Web institucional e os seus subdomínios, mas também os diversos sítios Web criados por grupos (centros I&D, projectos) ou dedicados a eventos específicos (colóquios, etc). A presente proposta é um projecto-modelo que pode ser facilmente implementado em outro contexto institucional: Faculdade “X”.

Um recurso para a comunidade científica

A exposição virtual dirige-se à comunidade académica e, por isso, apresenta imagens do passado que lhe diz respeito, pois recordam pessoas, temas e percursos.

Alguns conteúdos que se tinham por efémeros foram, afinal, conservados e aí estão, à distância de um clique. Este é o primeiro passo para convidar o visitante da exposição a conhecer o que o arquivo da Web tem conservado ao longo dos anos para a memória institucional da Faculdade.

Preservar a memória institucional online

Ficará surpreendido, certamente, o investigador que desconhece o volume de informação conservada no Arquivo.pt. Queremos mostrar-lhe, então, que não se trata apenas de volume, mas também de qualidade da informação. Esta é pesquisável e apresenta conteúdos Web que já não estariam acessíveis em condições normais.

O processo de pesquisa pode ser de tal modo adaptado a um objecto de estudo que o tempo poupado na recolha dos dados é enorme. Assim, uma parte importante do projecto implica demonstrar que um arquivo Web é uma ferramenta importante para o investigador. Vamos, pois, utilizá-lo no âmbito que nos propusemos, seguindo metodologicamente três passos.

  • Inventariação e levantamento de notícias dos sítios Web, páginas e conteúdos vários publicados ou patrocinados pela Faculdade, patrocinados institucionalmente pela Faculdade, pelos centros I&D, por outras entidades relacionadas com a Faculdade, desde 1996.
  • Descrição e classificação dos materiais encontrados, de modo a construir uma ficha informativa cada site. Na descrição, considerar o contexto organizacional (que unidade, departamento ou centro foi o criador do sítio Web), o objectivo (página institucional, congresso, colóquio, projecto, campanha, etc), e a área temática.
  • Apresentação e discussão dos resultados, procurando caracterizar em linhas gerais a presença da Faculdade na Web.

Como garantir que a nossa memória digital irá prevalecer para o futuro?

A exposição virtual apresenta esses resultados de uma forma estruturada, cruzando dados, agrupando os sítios Web inventariados segundo vários critérios, de acordo com a descrição e a classificação que foram feitas. Isso permite leituras transversais que colocam em evidência aspectos da projecção institucional através da Web.

Em que áreas a Faculdade tem publicado mais? Que estratégias de comunicação tem adoptado? O que pode ser feito para publicar melhor, utilizando a Web como plataforma de apoio à investigação futura? A resposta a estas e a outras questões constitui o segundo passo a que a exposição virtual convida: revisitar o passado para projectar o futuro.